Você sabe quem é Jezabel?

Jezabel: um tanto controversa. Quantas vezes você já ouviu esse nome sendo usado como insulto de crente?


Aqui, Victor Fontana aponta para um fato interessante: o hebraico não possui vogais. O que temos são os "sinais massoréticos" colocados por copistas (Massoretas) da Bíblia Hebraica para indicar vocalizações. A partir disso, ele diz que o nome Jezabel ganha dois significados a depender de como você vocaliza:

  1. "Onde está o príncipe?"

  2. "Onde está o monte/ilha de esterco?"

Quando o nome aparece em 1 Reis 16:31 remete ao significado n°2. Isso demonstra o desprezo que os copistas tinham pela personagem. A ideia é mostrar que ela era tudo de ruim que existia no mundo.


Acabe, filho de Onri, fez o que o Senhor reprova, mais do que qualquer outro antes dele. Ele não apenas achou que não tinha importância cometer os pecados de Jeroboão, filho de Nebate, mas também se casou com Jezabel, filha de Etbaal, rei dos sidônios, e passou a prestar culto a Baal e a adorá-lo. No trigésimo oitavo ano do reinado de Asa, rei de Judá, Acabe, filho de Onri, tornou-se rei de Israel e reinou vinte e dois anos sobre Israel, em Samaria. 1 Reis 16:29-31 NVI

Essa passagem nos dá uma pista do quão problemática Jezabel era. O autor faz questão em focar que ela fazia parte de um reino idólatra, tinha uma conduta detestável e não era fiel aos ideais que o marido deveria seguir. Em Apocalipse, ela é colocada como manifestação de tudo o que é ruim.


Mas não podemos esquecer da ambiguidade do nome dela. O texto aponta para uma pessoa que exerce poder e no relato de 1 Reis ela exerce muito poder, inclusive no lugar do rei. Mas ela exerce esse poder como usurpadora, que no mundo do Antigo Testamento era alguém que usa da lei para seus próprios interesses. Em 1 Reis 21, ela usa da Lei meticulosamente para trair a essência da lei e roubar a vinha de Nabote.


Jezabel também é uma antítese de Jesus. O Mestre utiliza a Lei para mostrar o quanto a justiça do Reino é superior, cumprindo a justiça da Lei e ampliando sua essência libertadora. Já Jezabel usa a Lei nos seus mínimos detalhes, faz uma análise meticulosa com uma mentira por trás e usa da sua nobreza indevida para conseguir o que quer.


É por isso que os Massoretas colocam esse significado ambíguo ao vocalizar o nome Jezabel de forma ambígua para dizer: "Essa mulher é um monte de esterco!".




Para saber mais sobre Jezabel, procure o Dicionário Bíblico Eerdmans.



47 views0 comments

Recent Posts

See All