Por que orar se Deus já sabe?

Updated: Jul 8

Na igreja, aprendemos que Deus é soberano e é onisciente. Ele sabe de tudo, tem poder infinito, está em todos os lugares. E na igreja também aprendemos que precisamos falar com Deus por meio da oração: pedindo, agradecendo, lamentando etc. O ponto é: qual é o sentido de orar para um Deus que sabe de tudo, sabe o que pediremos antes mesmo de orarmos?


João Calvino pode nos ajudar. Nas Institutas, livro 3, capítulo 20, o teólogo francês trata sobre algumas objeções à oração. Não parece, mas Calvino falou muito mais sobre vida cristã do que predestinação. A oração diz respeito a como nós nos relacionamos com Deus. E ele nos dá três motivos para continuarmos orando, mesmo sabendo que Deus já sabe de tudo.


Primeiro, manter uma vida de oração, um hábito, faz com que nós mantenhamos um coração ardente em busca pelo Senhor. Lembra daquele jargão que fala sobre nós procurarmos a Deus só quando passamos por problemas? Calvino quebra isso mostrando que se nós levarmos a Deus os nossos mínimos problemas, criando um hábito de oração, nosso coração arderá pelo Senhor e nós sempre o buscaremos.


Viver em uma busca constante por Deus, nos levará a ter um relacionamento firme com ele. Quanto mais nos aproximamos de Deus, quanto mais nos habituamos a falar com ele, nossa sede de conhecê-lo sempre aumenta. Assim, nós não pararemos. Sempre buscaremos mais.


Segundo, se vivermos buscando a Deus, nossos pensamentos pecaminosos serão expurgados. O que isso quer dizer? Basicamente, se nós focarmos em falarmos com Deus sempre, expor o que estamos sentindo, nossa mente não vai ser tomada por pensamentos que contrariam a vontade de Deus. Se nosso coração está ardendo por Deus, conseguiremos repreender aquilo que desagrada a Deus. É um exercício para educar os nossos desejos e pensamentos.


Terceiro, se você ora constantemente pedindo a Deus as menores coisas, nós seremos gratos. Ao vivermos em oração, não cairemos na ilusão de pensar que o que conquistamos foi devido ao nosso esforço. Saberemos reconhecer, assim, que o que temos foi graça de Deus. Não merecemos, mas ele nos deu.


Clifton Black diz que se oramos como Jesus ensinou, nenhuma oração é negada porque estamos orando para que a vontade de Deus seja feita assim na terra como no céu. E quando pedimos para que a vontade de Deus seja manifesta, ele vai manifestar. Quando oramos, estamos educando o nosso coração a desejar os desejos de Deus. Orar de maneira Bíblica é ter sua vontade moldada pela vontade de Deus.


Se todo dia de manhã, orarmos pedindo isso, nossas vidas serão moldadas para fazer aquilo que Deus quer. É por isso que precisamos orar mesmo sabendo que Deus já conhece os nossos pedidos: nossa vida vai ser moldada por Deus, nós o conheceremos e viveremos querendo mais e mais dele.







18 views0 comments

Recent Posts

See All

Hagar