Mudando o nosso olhar


Vendo as multidões, Jesus subiu ao monte e se assentou. Seus discípulos aproximaram-se dele, e ele começou a ensiná-los, dizendo: “Bem-aventurados os pobres em espírito, pois deles é o Reino dos céus"... Mateus 5: 1-3 NVI

O discurso de Jesus no monte é desafiador, não é? Ele está ensinando a ética do seu Reino aos discípulos. A ética de Jesus une toda a Bíblia Hebraica (Lei, Profetas e Escritos) com a sua identidade como Messias e a comunidade que ele está formando por meio do Espírito Santo. Jesus é a Sabedoria, é a Lei, é o Rei de Israel e capacita seus discípulos para viverem essa nova vida no mundo.


O ponto que eu quero trazer neste texto, é: Jesus nos provoca a mudar o foco do nosso olhar. Ele faz isso por meio das clássicas bem-aventuranças. O mestre diz que Deus está olhando, abençoando e amando um povo diferente do que os primeiros ouvintes pensam. Não são os escribas, nem os sacerdotes, nem os fariseus ou zelotes. O Reino de Deus é cheio de pobres , mansos, perseguidos, chorões, pacificadores.


Scot McKnight diz em seu comentário sobre o Sermão do Monte que, ao fazer o contraste com quem é bem-aventurado e quem não é, Jesus está redefinindo o povo de Deus. Não são os grupos que controlam o poder ou demonstram uma grande performance religiosa, mas sim, os grupos que se dispõem a se relacionar com Deus e andar conforme a sua Palavra de forma genuína, mesmo que os nossos olhos não estejam atentos a eles.


Jesus ensina que estamos usando os critérios errados para entender quem somos e quem são os nossos irmãos. No Reino vindouro, que ele já inaugurou com sua primeira vinda, não veremos muita gente que consideramos "referência de fé". Não veremos muitos pregadores, profetas, cantores, teólogos. Veremos, sim, muita gente que rejeitamos estender a mão da comunhão por não se encaixarem em nossos padrões.


Quem são os bem-aventurados de hoje? Quem são os mansos, os que possuem fome e sede de justiça, os pobres de espírito, os misericordiosos, os perseguidos e os pacificadores? Será que temos conseguido identificar que o nosso olhar está com o foco de Jesus? Talvez esteja, mas talvez não esteja.


Que possamos nos encher com a humildade que Jesus espera de nós, que as palavras do sermão de Jesus nos ensinem a viver nos seus caminhos!


Amém.

50 views0 comments

Recent Posts

See All