Exorte!

Quando falamos sobre exortação nas nossas igrejas, ficamos cheios de medo porque pensamos que é exortar significa reclamar. Pensamos que exortar é o mesmo que ser corrigido de uma forma bem rígida e às vezes constrangedora.


Mas será que é isso mesmo? Vamos olhar para Romanos e perceber que as coisas não são bem assim. Primeiro, vamos ver os usos da palavra Παρακαλῶ (parakaleo), que é traduzida muitas vezes por exortação no texto de Romanos.


Romanos 12:1

Portanto, irmãos, rogo pelas misericórdias de Deus que se ofereçam em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus; este é o culto racional de vocês. Romanos 12:1 NVI

Um dos usos da palavra parakaleo é o "rogar". Rogar não é apenas pedir, mas é pedir com muita força, intensamente. Paulo está sendo enfático naquilo que pede para os romanos.


Romanos 12:8


Quando você procurar no dicionário o que é exortar, um dos significados é despertar ânimo em alguém. A palavra parakaleo também tem esse sentido. Em Romanos 12:8 podemos ver:

se é dar ânimo, que assim faça; se é contribuir, que contribua generosamente; se é exercer liderança, que a exerça com zelo; se é mostrar misericórdia, que o faça com alegria. Romanos 12:8 NVI

O "dar ânimo" de Romanos 12 tem o sentido de dar uma injeção de ânimo diante de um grande desafio. Diante do contexto do capítulo 12, o desafio é não se moldar aos padrões do mundo. Por isso, cada membro da igreja recebe um dom e uma função diferente. E entre esses membros, temos pessoas que são responsáveis por animar os irmãos.


Isso faz bastante sentido quando percebemos o ambiente cultural em que aquela igreja vivia. Os membros estavam inseridos na capital do maior império do mundo e uma cultura hostil ao evangelho. Por isso precisavam de irmãos que injetassem ânimo para superarem os desafios apresentados em Roma.


Parakaleo e Parakletos


As palavras usadas para exortar e para se referir ao Espírito Santo como consolador possuem o mesmo radical. Em Romanos 12:8, quando Paulo fala para quem dar ânimo, que "assim o faça" também carrega o sentido de consolar alguém.


A exortação cristã, diferente da exortação greco-romana, nos permite chorar. Paulo em Romanos:

Digo a verdade em Cristo, não minto; minha consciência o confirma no Espírito Santo: tenho grande tristeza e constante angústia em meu coração. Romanos 9:1-2 NVI

O próprio Paulo se angustia e chora. Ele fala sobre dar ânimo porque dar ânimo também envolve consolação. Deus dá um dom para a igreja visando que as lágrimas do seu corpo sejam enxugadas e que o povo seja confortado no poder do Espírito.


Por isso, exortar não é reclamar. Exortar não é apontar o dedo e constranger alguém. Exortar é ser usado por Deus para animar os irmãos, para consolar para que eles superem os desafios que estão vivendo.



Para mais informações, assistam o vídeo abaixo:



10 views0 comments

Recent Posts

See All

Hagar