Deus quer preservar as espécies? (parte 2)

Leia a parte 1 aqui.


Na história da redenção


A resposta para a pergunta é "sim". Ao olhar para as Escrituras, vemos que existe sofrimento da criação é nítido por causa da crueldade humana. Podemos ver isso em alguns textos mais gerais como Romanos 8: 19-21. Sobre as espécies temos:

Por isso a terra pranteia , e todos os seus habitantes desfalecem; os animais do campo, as aves do céu e os peixes do mar estão morrendo. Oseias 4:3 NVI

Em todo o capítulo 4 do livro de Oseias, existe uma exposição da crueldade humana. No versículo 3 vemos que essa crueldade afeta diretamente os animais.


Mas não podemos ficar só na exposição do pecado e seus efeitos. É necessário buscarmos uma resposta redentiva para a situação. De uma forma mais cósmica, temos Colossenses 1:13-20 quando Paulo fala do evangelho como a reconciliação de toda a criação por meio de Jesus. Agora, sobre animais temos Isaías 11:

O lobo viverá com o cordeiro, o leopardo se deitará com o bode, o bezerro, o leão e o novilho gordo pastarão juntos; e uma criança os guiará. A vaca se alimentará com o urso, seus filhotes se deitarão juntos, e o leão comerá palha como o boi. A criancinha brincará perto do esconderijo da cobra, a criança colocará a mão no ninho da víbora. Ninguém fará nenhum mal, nem destruirá coisa alguma em todo o meu santo monte, pois a terra se encherá do conhecimento do Senhor como as águas cobrem o mar. Isaías 11:6-9 NVI

Aqui, ao expôr o reinado do Messias, o profeta demonstra que seu poder redentivo será TÃO GRANDE que afetará a relação entre os animais. Essa relação será tão harmoniosa e não veremos mortes, predadores ou coisa do tipo.


Percebemos então que há sim uma preocupação de Deus em preservar as espécies. É um assunto que não tem uma ocorrência grande, mas está presente nas Escrituras de forma periférica. Podemos afirmar que ele não só se preocupada, como trabalha ativamente pelo resgate da criação e isso inclui os animais.


O papel da Teologia Bíblica


Para fazer uma boa Teologia Bíblica para esse tema, é necessário se debruçar com afinco nos textos que mencionamos. É necessário fazer uma exegese cuidadosa e detalhada. Existem textos na Bíblia que falam animais, mas quando lemos com cuidado, eles não estão falando que os animais possuem valor em si mesmos.


A exegese ajuda a não forçarmos um texto para encaixar na nossa ideia e também demonstra que textos colocados como menos importantes são super importantes. Um exemplo disso é Gênesis 2:15.

O Senhor Deus colocou o homem no jardim do Éden para cuidar dele e cultivá-lo. Gênesis 2:15 NVI

O cultivo e cuidado do homem tem a ver com ele ser servo. Deus chamou Adão para ser líder, mas é uma liderança que serve a criação. Ele deveria guardar o jardim como um soldado guarda sua fortaleza.


O amor de Deus no salmo 36:5-6 que falamos na parte 1 remete ao amor que ele tem por sua aliança com o seu povo. Esse amor se desdobra para humanos e animais, o que reforça a ideia de que o carinho de Deus pelos animais faz parte da história redentiva.


Como aplicar?


O trabalho não termina com a exegese. É necessário pensar em como todos esses textos bíblicos se aplicam em nossa realidade. Precisamos usar novas abordagens para isso: Teologia Sistemática, Filosofia, Economia etc. Essas disciplinas nos ajudam a levar a conclusão feita pela Teologia Bíblica a situações práticas.


A partir disso, fazemos um questionamento: se Deus quer preservar as espécies, por que nós somos tão tímidos em tratar da pauta ambiental? Por que não enfatizamos tanto?



Para uma bibliografia sobre o tema, veja a descrição do vídeo.


10 views0 comments

Recent Posts

See All