A igreja de Atos...


Hoje, dia 10/11 eu termino minha leitura de Atos dos Apóstolos. Deve ser a minha terceira ou quarta leitura do livro e eu estou muito feliz em conseguir chegar nesse ponto da minha leitura do Novo Testamento. Essa leitura foi diferente: além de ter lido outras vezes, também tinha estudado sobre interpretação bíblica.


Atos é aquele livro que todo cristão olha e leva como um modelo. Quantas vezes nós já ouvimos que deveríamos ser como a "igreja primitiva"? Eu ouvi várias vezes. É um grande peso nas costas, não é? Olhamos para o início da igreja e nos sentimos desviados porque não conseguimos chegar no "patamar espiritual" que os primeiros irmãos.


Aprendi com Gordon D. Fee que Atos é o livro do Espírito Santo. Fiquei atento aos movimentos do Espírito, conduzindo a igreja que começou no dia de Pentecostes para uma expansão até os confins da terra (At 1:7-8). Atos é o livro que nós aparecemos mais uma vez: não éramos povo, mas por meio de Jesus fomos feito povo.


Um ponto que me dá muita alegria é: os primeiros irmãos se alegraram quando viram os gentios receberem o Espírito Santo no capítulo 11. O diácono Felipe pregou em Samaria, a perseguição aos irmãos de Jerusalém levou ao surgimento da igreja em Antioquia (cap. 12). Cada igreja tinha suas características, suas peculiaridades, mas estavam unidas por meio de Jesus.


Mas, eu quero te questionar: você quer viver isso? Quer abandonar o exclusivismo teológico, o senso de superioridade? Quer abraçar quem discorda de você como um irmão em Cristo e se alegrar com ele? Foi isso o que a igreja de Atos fez, mas não percebemos porque estamos muito. Nossa preocupação está em outro foco.


Nós olhamos para a igreja de Atos e queremos falar em línguas, profetizar e ter revelações. Ou, queremos a parte da perseverança na doutrina dos apóstolos. Isso é muito bom! Contudo, me parece que nós não queremos viver a comunhão deles: aceitar igrejas diferentes das nossas, concepções secundárias diferentes das nossas. A igreja de Atos é padrão de unidade na diversidade e não de uniformidade.


Pense bem nessas questões ao ler esta obra maravilhosa escrita por Lucas.

27 views0 comments

Recent Posts

See All

Hagar